sábado, 11 de julho de 2009

10 princípios que norteiam a segurança e saúde no trabalho


1 - Segurança do trabalho é prioridade máxima, devendo ser tratado como parte integrante do negócio da empresa

2 - A empresa para ser boa em qualidade, produtividade e rentabilidade, tem que ser boa em qualidade de vida no trabalho

3 - Os acidentes e doenças do trabalho acontecem, onde a prevenção falha.

4 - Segurança do trabalho se faz com conhecimento, comprometimento e atitudes integradas dos empregadores, trabalhadores e governos.

5 - Somente podemos afirmar a existência de dignidade no trabalho na ausência da insalubridade e risco iminente.

6 - A política de segurança do trabalho somente será socialmente justa, se aplicada com conceito da universalização, assistindo de forma igual a todos os trabalhadores independente do tamanho da empresa e regime de vínculo de trabalho

7- É importante a oferta de boa assistência as vítimias de doenças e acidentes do trabalho, porém o mais importante é evitar as ocorrências praticando a prevenção.

8 - Segurança do Trabalho deve ser tratado como investimento e não custo, a cada real aplicado representa economia de quatro reais, servindo de base para o negócio sustentado.

9 - O profissional de segurança é o único profissional que tem como missão promover saúde e segurança do trabalho, considerando que os demais profissionais do SESMT são especializações e o cipeiro é voluntário, porém todos são importantes e indispensáveis, nas ações integradas e transversal.

10 - O sucesso da segurança no trabalho está vinculado aos princípios dos valores humanos e respeito à vida, considerando que o trabalho de ser fonte de realização e não de sofrimento.