quinta-feira, 30 de julho de 2009

Ruído


O ruído é o fênomeno físico vibratório com características indefinidas de variações de pressão (no caso o ar) em função da frequência, isto é, para uma dada frequência podem existir, em forma aleatória através do tempo, variações de diferentes pressões.

Essa é uma situação real e frequente, por isso utilizamos a palavra ruído, mas não nos referindo, necesseriamente, à sensação subjetiva do barulho.

O agente ruído, de um modo geral, se constitui em um dos maiores riscos potenciais para a saúde dos trabalhadores tanto nas instalações industriais como em outras atividades laborais.

Do ponto de vista da física, ruído é, por definição, a variação de pressão sonora sob a forma de ondas mecânicas, que representam oscilações dos sistema de materiais elásticos.

Essa oscilações com a massa de ar podem constituir-se em estímulos para o nosso organismo e que poderá causar efeito até mesmo desagradável. Elas podem ser descritas como variaçõe da pressão atmosférica, originando vibrações ou turbulências. Em resumo, define-se como som qualquer estímulo de vibrações ou ondas mecânicas que podem ser ouvidas.

Nenhum comentário: