terça-feira, 11 de agosto de 2009

Organização do Trabalho


Os princípios da administração do tempo provocam excelência na organização no trabalho. Grande parte do retrabalho nas empresas e, que aumenta consideravelmente os custos dos produtos, é decorrente da falta de organização no trabalho.

A organização no trabalho supõe um profissional que possui como característica predominante ser tático, não estratégico. Embora o estratégico (direção) é fator primordial na conquistas das metas, o tático torna possível o conjunto de procedimentos para a implementação (ação).

Percebe-se, inúmeras vezes, excelentes profissionais atuando em funções na empresa que não estão de acordo com suas características dominantes. Por exemplo: profissionais estratégicos atuando em funções táticas; profissionais táticos atuando em funções estratégicas; profissionais divergentes ocupando funções de trabalho que exigem acentuada convergência; profissionais intuitivos ocupando funções altamente racionais em seu trabalho.

Portanto, organização no trabalho não é apenas uma questão de procedimentos, uso coreto de agenda e treinamentos adequado, mas, acima de tudo, de um casamento perfeito entre o profissional e a função que ocupa.

A briga por um espaço no mercado é acirrada e a necessidade de gerar resultado, gerar lucro e ser competitivo é elevada. O profissional que possui organização no trabalho conquista um grande espaço no mundo corporativo.

Nenhum comentário: