domingo, 28 de dezembro de 2014

Equipamentos de Proteção Individual - EPI e Vestimentas de Trabalho

Os Equipamentos de proteção individual - EPI devem ser selecionados de forma a oferecer eficácia
necessária para o controle da exposição ao risco e o conforto, atendendo o previsto nas NR-06
(Equipamentos de proteção Individual - EPI) e NR-09 (Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais - PPRA).

Os EPI usados concomitantemente, tais como capacete com óculos e/ou proteção auditiva, devem
ser compatíveis entre si, confortáveis e não acarretar riscos adicionais.

Nas atividades com exposição ao frio devem ser fornecidas meias limpas e higienizadas
diariamente.

As luvas devem ser:

a) compatíveis com a natureza das tarefas, com as condições ambientais e o tamanho das mãos dos
trabalhadores;

b) substituídas, quando necessário, a fim de evitar o comprometimento de sua eficácia.

Nas atividades onde as mãos dos trabalhadores ficam totalmente molhadas e não seja possível a
utilização de luvas em razão da geração de riscos adicionais, deve ser efetuado rodízio com outras tarefas.

O empregador deve fornecer vestimentas de trabalho de maneira que:

a) os trabalhadores possam dispor de mais de uma peça de vestimenta, para utilizar de maneira sobreposta, a seu critério, e em função da atividade e da temperatura do local, atendendo às características higiênicosanitárias legais e ao conforto térmico;
b) as extremidades sejam compatíveis com a atividade e o local de trabalho;
c) sejam substituídas quando necessário, a fim de evitar o comprometimento de sua eficácia

 As vestimentas devem ser trocadas diariamente, sendo sua higienização responsabilidade do
empregador.