domingo, 28 de dezembro de 2014

Máquinas - NR 36

As máquinas e equipamentos utilizados nas empresas de abate e processamento de carnes e derivados
devem atender ao disposto na NR-12 (Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos).

O efetivo de trabalhadores da manutenção deve ser compatível com a quantidade de máquinas e
equipamentos existentes na empresa.

Os sistemas de trilhagem aérea, esteiras transportadoras, roscas sem fim ou nórias devem estar
equipados com um ou mais dispositivos de parada de emergência, que permitam a interrupção do seu
funcionamento por segmentos curtos, a partir de qualquer um dos operadores em seus postos de trabalho.

Os elevadores, guindastes ou quaisquer outras máquinas e equipamentos devem oferecer garantias de
resistência, segurança e estabilidade.

As atividades de manutenção e higienização de máquinas e equipamentos que possam ocasionar riscos
de acidentes devem ser realizadas por mais de um trabalhador, desde que a análise de risco da máquina ou equipamento assim o exigir.

As instalações elétricas das máquinas e equipamentos devem ser projetadas e mantidas de modo a
prevenir, por meios seguros, os riscos de choque elétrico e todos os outros tipos de acidentes, atendendo as disposições contidas nas NR-12 (Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos) e NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade).

Devem ser adotadas medidas de controle para proteger os trabalhadores dos riscos adicionais
provenientes:
a) da emissão ou liberação de agentes físicos ou químicos pelas máquinas e equipamentos;
b) das emanações aquecidas de máquinas, equipamentos e tubulações;
c) do contato do trabalhador com superfícies quentes de máquinas e equipamentos que possam ocasionar queimaduras.

Nos locais fechados e sem ventilação é proibida a utilização de máquinas e equipamentos movidos a
combustão interna, salvo se providos de dispositivos neutralizadores adequados.